No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Governador abre oficialmente a Semana Estadual da Pessoa Idosa

De 27 de setembro até 3 de outubro, o Rio Grande do Sul celebra a Semana Estadual da Pessoa Idosa. Devido às restrições impostas pela pandemia, toda a programação está ocorrendo de modo virtual.

Na manhã de quarta-feira (30/9), houve a abertura oficial, em formato de videoconferência, com a participação do governador Eduardo Leite e do secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Mauro Hauschild.

Confira algumas dicas para cuidar da saúde mental de idosos no isolamento:

**Contato online: uma prática interessante nesse período é ensinar os idosos a utilizar aplicativos que possibilitam uma certa “aproximação” com amigos e familiares. Além de poderem conversar através desses programas, eles também conseguem ver outras pessoas e podem se sentir menos sozinhos.

**Grupos de conversa: Participar de grupos com temas que os interessam também é possível através de sites e redes sociais. Assuntos como arte, música, artesanato e literatura são algumas das possibilidades, fazendo com que o engajamento em diferentes grupos possibilite maior interação social e distração.

**Consumo excessivo de notícias: Manter um controle do consumo de notícias também é muito importante durante esse período. Ser bombardeado a todo momento com várias informações pode sobrecarregar a mente do idoso, causando estresse e ansiedade. Por isso, o ideal é distraí-lo com outras atividades dentro de casa.

**Tarefas domésticas: Auxiliar nas tarefas domésticas, no limite de suas capacidades físicas e intelectuais, pode oferecer aos idosos estímulos constantes entre os movimentos e seus fins. Por exemplo, ao invés de praticar exercícios como “levantar o braço dez vezes”, é possível fazer atividades que façam mais sentido, como colocar um cabide no armário.

**Ativar os sentidos: Ouvir música e sentir o cheiro de uma comida saborosa, por exemplo, são atividades capazes de melhorar o funcionamento cognitivo e intelectual dos idosos. Caso a pessoa esteja totalmente sozinha em casa, uma solução é levar marmitas com refeições até a porta dela (evitando o contato direto) e fazer ligações constantes. Assim, ela se sentirá acolhida e distraída.

**Dançar: Além de ajudar na saúde mental, o hábito de dançar e realizar outros movimentos coordenados também contribui para um melhor funcionamento circulatório, manutenção da força muscular e condicionamento cardiorrespiratório.

Observe os sinais

O período de isolamento social pode desencadear alguns tipos de transtornos mentais em qualquer pessoa. A avaliação deve ser feita por um profissional da área, porém, a neuropsicóloga Tammy Marchiori explica que alguns sinais podem apontar quando a saúde mental dos idosos está comprometida, como:

  • Desaceleração geral ou inquietação
  • Negligência de responsabilidades e autocuidado
  • Diminuição da capacidade diária de funcionar, sendo confuso, preocupado e agitado
  • Incapacidade de encontrar prazer em qualquer atividade
  • Dificuldade para se motivar pela manhã
  • Humor ou irritabilidade, que pode se apresentar como irritado ou agressivo