No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

SENADO APROVA PROPOSTA QUE VIABILIZA AUXÍLIO EMERGENCIAL

Senado aprovou nesta quinta-feira, dia 4, em 2º turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC) conhecida como PEC Emergencial. A proposta prevê protocolos de contenção de despesas públicas e uma série de medidas que podem ser adotadas em caso de descumprimento do teto de gastos, regra que limita o aumento dos gastos da União à inflação do ano anterior. O texto também viabiliza a retomada do auxílio emergencial.

A proposta aprovada não detalha valores, duração ou condições para o novo auxílio emergencial. O texto flexibiliza regras fiscais para abrir espaço para a retomada do programa.

Isso porque, pela PEC, a eventual retomada do auxílio não precisará ser submetida a limitações previstas no teto de gastos.

Quem tem direito ao novo auxílio emergencial

Inicialmente a expectativa era de que o Auxílio Emergencial fosse liberado para parte da população considerada “invisível” pelo governo, que são aqueles que não recebem nenhum tipo de programa de distribuição de renda como o Bolsa Família, ou ainda que trabalhe de carteira assinada.

Para essa situação era previsto o pagamento para 40 milhões de pessoas, logo, com o novo cruzamento de dados, parte destes “invisíveis” podem ficar de fora da nova prorrogação tendo em vista as informações utilizadas no novo pente-fino do governo.

Qual o valor do auxílio emergencial?

Nessa nova rodada dos repasses, a estimativa inicial do governo é de pagar R$ 250 em cada uma das parcelas. Ainda existe a possibilidade de valores diferentes de acordo com a estrutura familiar do beneficiário.

Segundo informações do jornal Valor Econômico, publicadas nesta quinta, o valor da parcela pode variar entre R$ 150 e R$ 375. A quantia mais elevada, R$ 375, seria destinada às mulheres que são chefes de família.

Já a faixa de R$ 150 seria composta por pessoas que moram sozinhas. Mas inda não é confirmação.

Quando começa o pagamento do auxílio emergencial?

A previsão inicial do governo é de iniciar o pagamento ainda em março. O prazo depende da aprovação da PEC no Congresso e das definições sobre valores e parcelas.

Informações: Agora no Vale