No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Prefeitura tem novo protocolo para distribuição de cestas básicas

Após constatar problemas na distribuição de cestas básicas, a Prefeitura Municipal de Montenegro, por meio da Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania (SMHAD), tem novo protocolo de entrega e atendimento à população.

A revisão cadastral iniciou no dia 13 de janeiro e, agora, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) adotará medidas para qualificar e otimizar o serviço. De acordo com o secretário Luiz Fernando Ferreira, os benefícios eventuais são concedidos levando em consideração a situação de vulnerabilidade temporária.

É quando a pessoa ou sua família estão momentaneamente impossibilitados de enfrentar situações específicas, cuja ocorrência impede ou fragiliza a sua manutenção.

Os agendamentos foram retomados na última quarta-feira (20) e as primeiras datas disponíveis são para a primeira semana de março. Há duas formas de agendar: por telefone e presencialmente.

O atendimento presencial, diretamente no CRAS, será realizado somente nas terças-feiras, até o limite de 42 pessoas. Os demais dias da semana serão reservados aos que fizerem o agendamento por telefone.

As ligações serão atendidas nas quintas-feiras, das 13h às 16h. Também aí serão marcados até 42 atendimentos por dia. O telefone do setor é 3649-1110. “O agendamento é necessário para podermos atender com mais qualidade a população e as pessoas não ficarem esperando em filas”, ressalta Luiz Fernando.

Para a entrevista de revisão cadastral, que acontecerá com todas as pessoas, é obrigatório apresentar a documentação: RG; CTPS (Carteira de Trabalho); comprovante de residência e comprovante de renda (se tiver).

O secretário solicita a quem estiver agendado e não puder comparecer, ou não tiver mais necessidade de cesta básica, que entre em contato com o CRAS e avise, liberando o horário para outras pessoas.

A organização da entrega das cestas básicas é importante para que o Centro de Referência possa volta a ofertar os serviços de acompanhamento da população, como o Serviço de Proteção Integral à família (PAIF).

Liberados da revisão

A SMHAD informa também que quem nunca retirou mais de quatro cestas básicas não precisará passar por revisão desta vez. Além disso, quem passou por atendimento no CRAS e teve a cesta básica liberada em novembro e dezembro, também não passará por revisão cadastral por enquanto.

Para os dois casos, basta comparecer na SMHAD, nas segundas, quartas e sextas-feiras com o documento de identificação com foto. Em janeiro, já foram agendadas, aproximadamente, 400 famílias.

Para fevereiro, a previsão de atendimento é de 800 famílias.

Informação e foto: Acom