No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Habitação precisará recadastrar beneficiários de cestas básicas para evitar possíveis irregularidades

A Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania vai iniciar, no dia 13 de janeiro, o recadastramento de todas as pessoas que estão recebendo cestas básicas da Prefeitura.

A medida visa identificar eventuais irregularidades e garantir que os alimentos cheguem realmente a quem precisa. Durante o processo, não haverá suspensão das entregas.

De acordo com o secretário Luís Fernando Ferreira, bastaram três dias no setor para identificar algumas situações curiosas. “Há, por exemplo, pessoas que possuem apenas um cadastro, mas estão acostumadas a retirar mais cestas básicas de uma só vez. Outras faziam a retirada sem, sequer, apresentar um documento de identificação ou mesmo pegavam para terceiros sem autorização legal”, relata.

Ferreira também constatou problemas no armazenamento, que já estão sendo resolvidos. O advogado Vitor Cardoso, que atua na Secretaria, explica que a concessão do benefício precisa ser antecedida por um estudo socioeconômico.

“Há regras que devem ser observadas, dispostas no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e também nas leis e decretos que autorizam socorro a famílias durante a pandemia do novo coronavírus”, ressalta.

Atualmente, a Prefeitura distribui em torno de 4 mil cestas de alimentos por mês. Caso seja comprovada alguma irregularidade, podem ocorrer cortes e a sua destinação para outras famílias.

Nos próximos dias, todos os beneficiários, ao buscarem os produtos, receberão um aviso com a data e a hora em que deverão comparecer ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), na Rua La Salle, 09, bairro Municipal.

A ideia é que o trabalho esteja concluído até que as famílias façam novas retiradas. Para o recadastramento, será preciso apresentar CPF, RG, comprovante de residência e de renda (se tiver), Carteira de Trabalho e cartão do Bolsa Família (se tiver).

A partir de agora, é obrigatório mostrar um documento de identificação para fazer a retirada. A Secretaria está estudando também outras modificações na entrega, para garantir um melhor atendimento à comunidade.

Mais informações

As cestas básicas distribuídas pela Prefeitura possuem:

  • 2 kg de açúcar
  • 5 kg de arroz
  • 1 pacote de biscoito Maria
  • 1 vidro de café (500 gramas)
  • 1 lata de doce de frutas (400 gramas)
  • 1 kg de farinha de milho
  • 3 kg de farinha de trigo
  • 3 kg de feijão preto
  • 2 litros de leite integral
  • 2 kg de massa
  • 1 lata de óleo de soja (900 ml)

Informações: Acom