No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Em entrevista, Carlos Batista, diretor do HM, fala sobre repasses mensais. Confira:

Em entrevista a emissora de TV montenegrina, TV MON, no programa Cidade em Debate, o diretor do Hospital Montenegro, Carlos Batista da Silveira, afirmou que as consultas eletivas voltariam ainda nesta semana, como de fato ocorreu. Entretanto disparou algumas questões curiosas, confira:

O prazo que consta no oficio enviado a Secretaria Estadual de Saúde é de 30 de outubro. Ou seja, as consultas eletivas retorna, devido a ordenança do Estado, porém isso não significa que o Hospital tenha condições de bater as metas estabelecidas pelo governo do RS.

Batista lamenta diminuição de verbas vindos do RS e afirmou que o Governo Federal manteve o mesmo valor de repasses. A questão fica por conta das metas que o Hospital necessita alcançar.

Sobre repasses regionais, Batista aplaudiu a inciativa de haver um PA (Pronto Atendimento) em Montenegro, porém divulgou a falta de um laboratório e Raio X 24 horas.

Nesse semestre foram gastos R$ 218 mil com pacientes que segundo ele não seriam atendidos caso o PA oferecesse o serviço. Ele lamentou o fato de que desde a abertura do PA o Hospital não tem recebido auxilio de Montenegro para manter serviços não oferecidos pelo PA.

O diretor do HM confirma que toda administração montenegrina já tem conhecimento desta situação e conta também que outro município que não colabora é Capela de Santana, que também conta com um PA. Todos os demais municípios da região colaboram com o HM mensalmente com valores especificos.

Em respostas as declarações, a Secretaria Municipal da Saúde afirmou que “Não há nenhum tipo de atraso. A única despesa do município com o HM é o SAMU, a qual está em dia.”

Confira a entrevista completa em: https://www.facebook.com/watch/?v=394135191978694