No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Dados de vacina chinesa são enviados para análise da Anvisa

O Instituto Butantan enviou os primeiros documentos para registro de vacina Coronavac para a Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O instituto coordena os testes da vacina que está sendo produzida por um laboratório chinês.

O envio foi feito nessa quinta-feira, dois dias depois da Anvisa ter anunciado mudanças no processo do registro para agilizar a liberação das vacinas contra a Covid-19.

Entre os documentos enviados estão os estudos de desenvolvimento inicial da vacina, os resultados preliminares das fases pré-clínicas e os dados de segurança da vacina que já estão disponíveis.

Mas para que a vacina chinesa possa ser efetivamente registrada no Brasil, ela ainda precisa passar pela fase 3 dos testes. Na semana passada o Instituto Butantan anunciou a ampliação do número de voluntários de 9 mil para 13 mil.

Mesmo assim, o secretário de saúde de São Paulo, Jean Gorinschteyn, aposta que até dezembro o processo de registro da Coronavac esteja concluído.

Só depois do registro a vacina pode começar a ser produzida em larga escala. Já a vacinação, que deve ser feita em todo o Brasil pelo SUS, só pode acontecer depois que o Ministério da Saúde definir quem deve receber as primeiras doses do imunizante.

EBC