No Ar :

Baixe nosso app

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Últimas Notícias:

Invalid or Broken rss link.

Coronavírus: Montenegro contabiliza mais 10 pessoas recuperadas e sete novos casos

Nesta quarta-feira (07), Montenegro apresenta 1095 casos positivos acumulados, sendo 782 casos recuperados, 293 casos em recuperação e 20 óbitos.

A Prefeitura de Triunfo confirmou a 18ª morte em decorrência do novo coronavírus. Informações sobre a vítima fatal não foram divulgadas.

A cidade de Maratá registrou dois novos casos. Segundo a Administração Municipal, uma mulher de 25 anos, que já é considerada recuperada, e um homem de 33 anos, e está com sintomas leves, em isolamento domiciliar. Maratá conta com 32 confirmados, sendo 31 pessoas já recuperados.

No boletim da Secretaria Municipal de Saúde de São Sebastião do Caí  foram confirmados 11 novos casos. São sete mulheres, de 22, 29, 33, 38, 41, 63 e 71 anos, e quatro homens, de 24, 30, 34 e 61 anos.

No momento, o município já registrou um total de 527 pessoas infectadas desde março, com 447 pessoas já recuperadas, 72 em tratamento e oito óbitos.

A Prefeitura de Salvador do Sul confirmou sete novos casos de Covid-19. De acordo com o boletim todos já estão curados. O município apresenta 77 pacientes que se infectaram com a doença.

Também foram confirmados novos casos em Vale Real (1) e Feliz (3). A região acumula agora 84 óbitos, 4.385 casos e 3.834 pessoas já recuperadas.

No Rio Grande do Sul:

No Estado são 207.706  casos confirmados, 5.035  óbitos, 194.773  pessoas já recuperados e 7.869  pessoas em recuperação. Nesta quarta-feira, a Secretaria Estadual da Saúde confirmou mais 46 óbitos — ocorridos nos últimos cinco dias (exceto dois de agosto e outros quatro de setembro, que não haviam sido contabilizados)

A secretaria também registrou 2.372 novos casos de Covid-19 no estado. A taxa de letalidade permanece em 2,4%. Além dos casos positivos, o RS realizou 838,6 mil testes, que tiveram diagnóstico negativo para coronavírus.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI nos hospitais gaúchos era de 71,2%. Deste percentual, 39,8% era de pacientes com Covid-19 ou suspeita de síndrome respiratória aguda grave.

No Brasil:

Em território nacional foram contabilizados 5.000.694  casos positivos de Coronavírus, 148.228  óbitos, 4.391.424 pessoas já recuperadas e 461,042 pessoas em recuperação.

733 óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas. 31.404 de todos os casos foram confirmados no último dia. Em comparação com outros países, o Brasil aparece em 3º no mundo em número de infectados, atrás dos Estados Unidos, com 7,5 milhões, e da Índia, com 6,7 milhões. Esses dados são do balanço da Universidade Johns Hopkins.

No total, 4 estados apresentam alta de mortes: Espírito Santo, Acre, Amazonas e Amapá. Estados que estão em queda (10 estados): PR, RJ, PA, RO, RR, TO, PB, PE, PI e RN.

No mundo:

Desde o início da pandemia foram confirmados 36.200.813 de casos, 1.056.493 óbitos e 25.257.402 de pessoas já recuperadas.

Uma corrente que circula nas redes sociais afirma que o novo coronavírus só sobreviveria em temperaturas de até 36ºC, mas autoridades de Saúde, especialistas e a literatura científica existente sobre o tema não atestam essa alegação.

Uma revisão acadêmica publicada em agosto deste ano estimou que o Sars-CoV-2 sobreviveria por cerca de 10 horas aos 35ºC e que somente após os 55ºC seria eliminado quase de imediato.

Esse artigo, porém, desconsidera fatores importantes, como a umidade relativa do ar e a superfície onde o vírus estava. Além disso, OMS (Organização Mundial da Saúde), biólogos e médicos afirmam que, mesmo em ambientes mais quentes, há risco de contágio por meio de partículas que ficam no ar quando alguém infectado tosse ou fala.

E, se não resistisse acima dos 36ºC, o vírus seria desativado dentro do corpo humano, cuja temperatura média é de 37ºC. A corrente tem circulado associada à onda de calor que institutos de meteorologia preveem para o Brasil nesta semana.

O conteúdo foi sugerido por leitores no WhatsApp do blog Aos Fatos

Informações: Acom, Secom-RS, Ministério da Saúde e OMS